Internamento

Internamento
Internamento

Internamento

Durante o período de internação para tratamento da obesidade, o paciente passa por uma rotina diária de procedimentos, que visa o emagrecimento seguro e eficaz e o controle do risco de morte, associados a MEV (Modificações do Estilo de Vida). Nele, o paciente isola-se do mundo exterior para ser submetido a um tratamento intensivo, orientado por uma equipe interdisciplinar, composta por médicos (clínicos, endocrinologistas e cardiologistas), psicólogos, nutricionistas, fisioterapeutas, equipe de enfermagem e educadores físicos. Essa rotina é programada e fundamentada em conformidade com as Diretrizes Brasileiras para o Tratamento da Obesidade, concebidas pela Abeso – Associação Brasileira do Estudo da Obesidade – compondo-se por:

Cobertura médica 24h;

Cobertura 24h para atendimento de emergência/urgência com equipamentos e sala especializada;

Cobertura de enfermagem 24h;

Dieta restritiva hipocalórica, com quatro refeições diárias, em horários estabelecidos;

Atividades físicas direcionadas para o emagrecimento, durante sete dias por semana;

Acompanhamento psicológico individual e coletivo;

Acompanhamento nutricional;

É imprescindível a participação da família no tratamento do paciente;

Análise diária da proporcionalidade cineantropométrica;

Programas terapêutico: autoconhecimento, arteterapia, musicoterapia, pense magro, grupos para jovens, habilidades sociais e assertividade grupo terapêutico informativo, vivencia terapêutico recomeçar, grupo de família.

Programas terapêuticos:
Autoconhecimento, arteterapia, musicoterapia, pense magro, grupos para jovens, habilidades sociais e assertividade grupo terapêutico informativo, vivência terapêutica recomeçar, grupo de família.

Além do tratamento médico, da dieta alimentar e das atividades físicas, o tratamento psicológico possui grande importância. Principalmente devido à gravidade com que a depressão, sendo crônica ou causada pela obesidade corporal, prejudica o estado mental do paciente, agravando as crises de ansiedade e a compulsão alimentar. A assistência médica inclui admissão clínica com relacionamento dos problemas ativos do paciente. Na sequência, este paciente passa, diariamente, por pesagens e pela ouvidoria das queixas, isso resulta em tomadas de decisão de acordo com cada caso. O paciente é despertado pela equipe de saúde a manter a dieta de acordo com as suas necessidades básicas e a seguir um programa de atividades físicas de acordo com as suas limitações. Além disso, o paciente, nos atendimentos diários, é estimulado a seguir com restante da equipe multiprofissional as suas mais diversas propostas, com isso, ele se autoajuda no processo de perda de peso. A proposta de atendimentos diários difere-se de seguimentos ambulatoriais, pois, dia a dia, é reforçada a necessidade do envolvimento no tratamento que levará à perda de peso. O tempo de assistência do paciente internado é definido caso a caso. Depende também do grau de obesidade em que ele se encontra e da presença de comorbidades, tanto orgânicas como psíquicas.

Indicação do tratamento para obesidade por meio de internação clínica:

– Aos portadores de obesidade mórbida, também com risco de morte;

– Aos portadores de obesidade mórbida em casos de emergência ou urgência;

– Aos pacientes que fizeram a cirurgia bariátrica e voltaram a engordar;

– Aos portadores de obesidade mórbida, que não conseguem sair deste estado pelo tratamento ambulatorial (consultas a profissionais ou freqüência aos programas especiais dos planos de saúde); ou que não tenham condições psicológicas de realizar tal tratamento, devido à exacerbada compulsão alimentar, depressão profunda e/ou quadros psiquiátricos especiais;

– Aos obesos mórbidos que desejam tratamento menos invasivo do que a cirurgia bariátrica;

– Aos pacientes que não possam submeter-se à cirurgia bariátrica;

– Aos pacientes que têm indicação para submeterem-se à cirurgia bariátrica e que possuam risco de morte, mas que, antes do procedimento, necessitam emagrecer um pouco para que haja redução do risco cirúrgico.

Diretor Técnico: Dr. Sérgio Braga – CRM: 10445 – Nº. RQE BA-009.058

2018. Clínica da Obesidade. Todos os direitos reservados.

Diretor Técnico: Dr. Sérgio Braga
CRM: 10445
Nº. RQE BA-009.058

2018. Clínica da Obesidade.
Todos os direitos reservados.

AGENDE SUA AVALIAÇÃO MÉDICA

Telefone: (71) 3500-6000

Escolha o melhor dia e horário para a sua avaliação médica.